PITANGA DOS PALMARES
Simôes Filho

O Samba de Viola é de origem Quilombola, situado em uma comunidade de Pitanga de Palmares, tendo como mestre o Sr. Matias dos Santos, o qual era mestre de todas as culturas locais, passando seu cajado à Sra Maria Bernadete Pacífica Moreira, atual coordenadora destas culturas (Samba de Viola, Dança de São Gonçalo, Bumba meu boi, Samba Mirim, Samba do Engenho e outros).

O Samba é composto por 18 sambadeiras e 12 tocadores, sendo que nosso violeiro, Sr. José Moura é o mais velho com 75 anos e a sambadeira mais velha é dona Maria Cândida.

O Grupo de Viola já participou de diversas oficinas: Oficina na Casa do Samba, Engomadeira. Também participamos das Oficinas de corda e instrumentos de percussão. Paramos por falta de apoio para dar continuidade a esse trabalho. Estamos com Projeto que tem o nome de "Não deixe nossa cultura morrer” que vai atender crianças de 06 anos até a maioridade.

Temos também oficinas de artesanato de piaçavas e palha da costa que é a matéria-prima da nossa comunidade, da qual fazemos diversas coisas, como: bolsas, mandalas, chapéus, porta-copo e outros.

Trabalhamos também com o coco da piaçava e realizamos oficinas de estandarte, figurinos, onde são confeccionadas as roupas, chapéus e colares.

Participamos do dossiê da casa do samba, do Projeto cantador de chula, Mercado cultural, Dossiê da TVE, livro do Recôncavo de Nelson de Araújo. Além de participações em Oficinas com o pessoal da Guiana Francesa, no Pelourinho. Recebemos representantes de dois paises estrangeiros, com 21 alunos de faculdades para realizar oficinas de samba e de percussão e conhecimento do quilombo.

Fizemos diversas apresentações: Participamos duas vezes no Fogueiro de Piauí, Festas da Lavadeira (Pernambuco), atividades em São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Caminhada Axé, Caminhada Cultural de Feira de Santana, Apresentações em Camaçari, São Francisco do Conde, Candeias, Irará, Iguape, Santa Bárbara, Cipó, Filhas de Gandhi, Bloco Alvorada, Caminhada da diversidade, diversas apresentações no Pelourinho e o Catalogo Cultural Identidade da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

 

 

Listar todos associados

créditos - login