Teodoro Sampaio ganha sua Casa de Samba
Publicada em 15-08-2011

Teodoro Sampaio ganha sua Casa de Samba

 

A cidade é pequena e tem dificuldades para agregar algumas ações, portanto a comunidade é quem fará a cultura acontecer – foi este o teor da fala do prefeito de Teodoro Sampaio, Antônio Valente Barbosa, na inauguração da Casa do Samba Mestre Pedro Joaquim, dia 13 de agosto. Identificando-se como sobrinho do célebre sambista Assis Valente, o gestor apresentou o novo espaço como um referencial na cidade para que as oficinas, seminários, palestras e outras manifestações culturais possam acontecer.

As palavras do prefeito serviram de endosso às palavras de Luciana Barreto, da Asseba, que, antes dele, havia comentado a respeito das responsabilidades dos sambadores para com a Casa e de como poucas cidades têm o apoio da prefeitura para iniciativas dessa natureza. Lembrou também que a Casa de Santo Amaro será sempre o lugar onde todos podem procurar ajuda para poder seguir em frente.

Encerrada a mesa de abertura, o público contou com apresentações dos grupos culturais Burrinha de Lustosa e União Teodorense. Com a presença da filha e família do Sr. Pedro Joaquim, que dá nome ao espaço, foi inaugurada mais uma Casa do Samba.

As Casas de Samba compõem a Rede do Samba de Roda da Bahia e estão sendo criadas ou fortalecidas em 14 cidades do Recôncavo Baiano.

O fortalecimento da Rede do Samba de Roda da Bahia tornou-se possível através do Projeto Pontão do Samba, coordenado pela Associação dos Sambadores e Sambadeiras do Estado da Bahia (ASSEBA), como parte do plano de salvaguarda do samba de roda. O projeto, conta com as parcerias do IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e da SCDC – Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural (Programa Cultura Viva/Ministério da Cultura).

A ASSEBA surgiu em 17 de abril de 2005, a partir do movimento deflagrado pelos grupos de samba de roda do Recôncavo Baiano. O movimento começou, estimulado por uma série de pesquisas realizadas pelo Instituto do Patrimônio Historio Artístico Nacional – IPHAN, para constituição do dossiê sobre o samba de roda. Sua sede é a Casa do Samba de Santo Amaro, um espaço cultural instalado no Solar Subaé, antiga mansão do Século 19, que foi totalmente restaurada, em Santo Amaro/BA.

Veja álbum de fotos >

Texto: Ana Fernanda Souza | Edição: Scheilla Gumes

 
Fonte: ascom/asseba
créditos - login