Patrimônio e Cultura, oficinas de Samba de Roda são promovidas em Salvador
Publicada em 16-09-2015
CONVITE – EVENTO





A Casa do Samba Roda de D. Dalva, Cachoeira (Bahia), tem o prazer em convidá-los para a oficina ‘SAMBA DE RODA e RODA de DIÁLOGOS’ com o tema ‘SAMBA DE RODA, HISTÓRIA, CANTIGAS TRADICIONAIS e TIPOS de SAMBA DE RODA’ com Ana Olga Freitas*. Juntamente com a oficina acontecerá uma vivência com Sambadores de D. Dalva, Natureza França e A Corda Samba de Roda**.

Oficineira: MESTRA ANA OLGA

Data: 18 de SETEMBRO de 2015

Horário: 14:00h

Local: ESPAÇO de NILDA. 2º TRAVESSA BELA VISTA de TUBARÃO – PARIPE – SALVADOR – BA


EVENTO GRATUITO E ABERTO PARA TODA COMUNIDADE. PARTICIPE!

*Ana Olga Freitas é líder do grupo Samba de Roda Mirim Flor do Dia e do Samba de Roda Suerdieck juntamente com sua mãe e fundadora, Dra. Dalva Damiana de Freitas. Além de cantar, Ana é compositora e atualmente também ministra oficinas de Samba de Roda de Roda.

** A CORDA Samba de Roda: Grupo de pesquisa e ações afirmativas em cultura afro brasileira através da manifestação do Samba de Roda. Coordenado pela cachoeirana e moradora de Tubarão, Natureza França, o grupo realiza encontros semanais com a comunidade do subúrbio ferroviário de Salvador, e participa de atividades por toda a cidade, levando o saber aprendido com as mestras e mestres sambadores da Bahia, no intuito de promover a valorização, empoderamento e fortalecimento de toda a comunidade afrodescendente envolvida em suas vivências.



A realização deste evento integra o projeto "Apoio e Promoção a Manifestações culturais em Cachoeira", aprovado no Edital09/2013 - Dinamização de Espaços Culturais - 2014 - da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. Conta com o apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, Secretaria da Fazenda, Secretaria de Cultura, Fundo de Cultura e Espaços Culturais, e possui o apoio cultural da Associação dos Sambadores - ASSEBA, Laboratório de Etnomusicologia (LEAA-Recôncavo) Prefeitura Municipal de Cachoeira, Secretaria de Cultura e Turismo e Casa do Samba de Roda de Dona Dalva.
Fonte: Comunicação - ASSEBA
créditos - login