8º Encontro de sambadores debate revalidação do registro do samba de roda da Bahia como patrimônio cultural
Publicada em 15-10-2015

Mais uma importante etapa do processo iniciado no ano passado para debater a renovação do registro do samba de roda do Recôncavo Baiano como patrimônio cultural brasileiro e seu plano de salvaguarda acontecerá durante o 8º Encontro dos Mestres e Mestras do Samba de Roda - Propondo novos encaminhamentos para a Salvaguarda, onde será apresentado o relatório preliminar de análise para a revalidação. Realizado pela ASSEBA (Associação dos Sambadores e Sambadeiras do Estado da Bahia), Rede do Samba do Roda e IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o encontro ocorrerá no dia 31 de outubro, das 8h30 às 18h, no Teatro Dona Canô e no Centro de Referência do Samba de Roda, no município de Santo Amaro, no Recôncavo baiano.

Mais de 300 pessoas entre mestras e mestres sambadores e interessados no tema são esperadas para o evento, que contará também com a presença do repentista, cordelista e sambador Dr. Bule-Bule.

O processo de avaliação para revalidação do bem cultural de natureza imaterial é previsto por lei. Depois de 10 anos do registro do samba de roda baiano como patrimônio cultural brasileiro, o processo de revalidação foi iniciado em 2014 com a realização de assembleias itinerantes, mediadas pela Superintendência do IPHAN na Bahia, em municípios do Recôncavo e de outras regiões da Bahia para onde o samba se expandiu na última década. No encontro, será apresentando o relatório preliminar elaborado a partir das assembleias e os participantes terão a oportunidade de reavaliar e propor modificações para o plano de salvaguarda do samba baiano.

 

Conexão Pará - Bahia – Uma caravana vinda do Pará com integrantes do grupo Carimbó, manifestação cultural paraense reconhecida como patrimônio imaterial em 2014, participará do evento para conhecer como acontece o processo de revalidação do registro e aprender com a experiência dos sambadores e sambadeiras baianas como elaborar o plano de salvaguarda.

Salvaguardar um bem cultural de natureza imaterial é apoiar sua continuidade de modo sustentável, atuar para melhoria das condições sociais e materiais de transmissão e reprodução que possibilitam sua existência.

 

SERVIÇO

O quê: 8º Encontro dos Mestres e Mestras do Samba de Roda - Propondo novos encaminhamentos para a Salvaguarda

Quando: 31 de outubro, das 8h30 às 18h

Onde: Teatro Dona Canô e Centro de Referência do Samba de Roda - Santo Amaro/Ba





créditos - login